Os 13 porquês, Jay Asher

21 de julho de 2012

Título: Os 13 porquês
Autor: Jay Asher
Editora: Ática
Número de páginas: 256


Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.






Já tinha visto a capa desse livro diversas vezes e ficava pensando o que seriam os 13 porquês, mas tinha uma ideia definida: coisa boa é que não era. Eu tenho essa mania de não ler sinopse de livro ou eu tento adivinhar e só depois leio para ver se cheguei perto do assunto. Então li uma resenha do livro e foi o suficiente para me fazer desejar ler o livro o quanto antes.
Li há quase 1 mês e devo admitir que não sabia se falaria ou não sobre ele. Não sei se já deu para perceber, mas não falo nem da metade dos livros que leio, por diversos motivos, mas isso é assunto para um outro post.

A questão é que fiquei pensando na história desde então e em como está difícil aceitar que a Hannah tirou a própria vida pelos motivos explicados nas 14 fitas. Gente, o livro não é baseado em uma história real, mas todos sabemos que isso acontece com certa frequência. Falar que os motivos foram bobos não seria justo da minha parte, cada pessoa reage de um jeito, tem uma história de vida diferente, enfim, julgar se ela estava ou não certa ao tirar a própria vida não cabe a mim. De fato não é uma coisa que eu faria, sabe, é tão radical.

Não foi só o Clay que se sentiu mal ao descobrir cada motivo, pois também me senti. E da mesma forma que ele, eu estava tensa e ansiosa para saber o que ele tinha feito e cada vez que ele virava o lado de uma fita, eu pensava: "Será que é agora?" ou "O que ele fez de tão ruim?", até o momento em que isso acontece e o personagem surta. Eu também surtaria se estivesse no lugar dele, mas pior do que isso, eu cheguei a sentir raiva da Hannah. Imaginem como deve ser ruim saber que você contribuiu, mesmo sem saber, para que alguém se matasse? Credo.
Mas sério, apesar de falar essas coisas, eu não consigo simplesmente odiá-la. No próprio livro o autor deixou claro uma coisa importante em relação ao suicídio: a dificuldade que as pessoas sentem em pedir ajuda ou em como elas pedem ajuda de uma forma nada clara e que infelizmente as pessoas não entendem ou não percebem o que realmente está acontecendo. Porém é aí que eu volto a pensar no assunto: se ela não conseguiu pedir ajuda de forma eficiente, por que ela não enviou antes as fitas para alguém?

Achei bem legal e diferente a forma que o livro é escrito, as falas de Hannah e os pensamentos de Clay são intercalados e várias vezes o Clay fazia perguntas que logo em seguida eram respondidas pela gravação das fitas.
Outra coisa interessante é o fato de justamente as fitas cassete serem fitas cassete. Logo no começo o Clay se pergunta por que diabos a Hannah não pôde simplesmente gravar pelo computador, afinal, ele nem ao menos tinha um toca fitas portátil.

Eu fiquei muito surpresa por não ter chorado, mas ainda assim o livro mexeu comigo. Acho que fiquei mais chocada do que chateada com o que aconteceu com a Hannah para ela tomar a decisão final.
Mais uma vez tirei um tempo para pensar no assunto e ter certeza de como nós somos responsáveis pelo que acontece na vida de outras pessoas. Às vezes não fazemos ideia, mas apenas um comentário pode ser suficiente para mudar completamente a vida de alguém.
Todo mundo deveria ler o livro para quem sabe se dar conta da importância dos próprios atos. É pedir muito que as pessoas se importem com as outras pessoas? Não temos que gostar de todo mundo, mas acho essencial ser cordial.

No site oficial do livro está disponível 14 vídeos, onde podemos ouvir os 13 porquês da Hannah e o outro vídeo é um poema que ela escreveu.
Enquanto pesquisava descobri que o livro virará filme. Adoro a capa do livro e senti um certo desgosto ao pensar que muito provavelmente a capa do livro será modificada.



Outras capas:




dica de promoção: compre 4 livros e pague apenas 2 com frete grátis no site do submarino. Ainda não consegui olhar todos os livros, são mais de 8 mil, mas tem vários da Meg Cabot! Pagar R$60 em 4 livros da Meg Cabot? Não resisto!

32 comentários:

  1. Esse livro para mim faz parte de uma lista super especial de livros que eu tenho que ler, mais não são livros simples, são aqueles que eu tenho certeza que por mais que eu seja forte, não tem jeito, eu vou acabar chorando.
    Eu estou doida para saber os 13 porques, sabe, eu não teria coragem de tirar minha própria vida, mas eu entendo que as vezes não dá para aguentar mais, acho que a vida vale muito mais a pena, e que as coisas tendem a melhorar, mais as vezes o desespero toma conta, e no fim, ver jovens cometendo suicídio é de cortar o coração.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tenho um amor tão grande por esse livro!

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido uma resenha desse livro e fiquei muito interessada nele, traz uma temática diferente e acho que mexeria muito comigo também, é a segunda resenha em que a blogueira recomenda e muito esse livro, quero comprar antes dele só ter a capa do filme. rs Achei legal o livro virar filme, fiquei curiosa me ir ao site e ouvir a Hannah, mas não, prefiro ler o livro antes. rs

    Beijos ><
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ei Raquel!

    Eu nunca tinha lido nenhuma resenha deste livro, embora já tenha visto a capa em diversos lugares também.
    Confesso que eu tenho um pouco de preguiça, ou eu prefiro dizer, falta de vontade, de ler as sinopses dos livros, e também prefiro imaginar sobre o que eles se tratam. E não cheguei nem perto de adivinhar sobre o que Os 13 porquês se tratava. Sério, fiquei chocada.
    Eu VOU ler esse livro depois dessa sua resenha, sério! Já fiquei com um pouco de raiva da Hannah também, um pouco injusto ela mandar essas fitas pro Clay depois de morta. Poxa, ele vai passar o resto da vida sentindo-se culpado. Mas vai entender o que passou na cabeça dela né...
    Fiquei interessadíssima pelo livro! O lerei e depois te conto o que achei!
    Amei a resenha, muito boa ;)

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  5. Esse livro me chama bastante atenção
    Fico muito curiosa para saber o motivo da morte
    E deve envolver tamanha emoção...

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha ouvido falar sobre esse livro e não sabia que era tão bom assim.
    Terá um filme também que será protagonizado pela Selena Gomez que será Hannah Baker.
    Xxx

    ResponderExcluir
  7. Essa já e a terceira resenha que leio desse livro, acho que a primeira eu li há um ano, a outra a uns dois meses e essa agora. Apesar de ter gostado do modo como o livro deve abordar o tema suicídio, achei um livro meio tenso de se ler, já que nele a garota explica os seus motivos, certo? Mas agora acho que nao tem porque nao apostar nessa leitura, parece ser mais reflexiva do que realmente algo extremamente forte.

    Obrigada pelo comentário deixado no meu blog e por segui-lo.

    Beijos, Flavia.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. ESSE livro. Nossa, chorei rios quando o li: de tristeza, raiva... Me "aproximei" bastante de alguns personagens.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Raquel!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, mas o precinho dele não ajuda em nada.rs
    Acho que vou chorar horrores se ler Os treze Porquês, sou muito emotiva com esse tipo de história.
    Não sabia que ia virar filme, agora vou ter que dar um jeito de ler logo e comprar com a capa original.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Uau! Que promoção é essa menina? Ai, como eu queria ter um dim dim guardado pra poder gastar nesses momentos. Sobre o livro, já tinha visto a capa, mas pensei que fosse de terror, então nem li a sinopse, ai no seu blog vi a resenha e resolvi ler. Parece ser um livro bem interessante mesmo, é melhor eu comprar antes que vire filme, porque achei a capa boa, embora assustadora. Ah, obrigada pela dica de promo. bjos

    www.comchocolatequente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Já tinha ouvido falar desse livro, mais até agora não li nenhuma resenha, gostei bastante da sua e achei o livro bem interessante.
    Ameeei a capa.
    Uau!! Que promoção, mas não vou comprar, estou me segurando, guardando dinheiro pra Bienal aqui de SP!!
    Valeu por me falar do formulário, tinha colocado que regra obrigatória fazer o tweet todos os dias, mais pensei que não mostraria como regra obrigatória :) Valeu mesma, já arrumei se quiser participar ainda fica a vontade.
    Beijos
    Bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  12. só de ler sua resenha eu me sinto mal, o assusto que esse livro trata é bem delicado, todos podemos interferir na vida das pessoas ao nosso redor, diretamente ou indiretamente.

    ResponderExcluir
  13. Caramba, nem conhecia esse livro (que vergonha), mas fiquei bem curiosa para lê-lo depois dessa resenha tão bacana! Outro dia fiquei sabendo de uma garota -bem conhecida no Twitter- que tirou a própria vida. Não a conhecia antes, mas saber de sua morte mexeu demais comigo. Sinceramente eu não sei se teria coragem de fazer isso. Talvez a pessoa chegue num extremo que não aguente mais nada, né? Sei lá...
    Enfim, sobre o livro (que eu já estou viajando aqui =P): sua resenha me deixou doida pra ler e desvendar esse mistério da sua morte. E devem ser motivos bem fortes, acredito eu. O personagem deve ter surtado mesmo! Quem não surtaria, né? :/
    Adorei a resenha! Parabéns! :)

    ResponderExcluir
  14. Adorei seu blog. Parabéns...há um tempo tenho certa curiosidade para ler esse livro...adorei a resenha, bjs
    http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Raquel, tudo bem?
    Flor que livro! gostei muito dessa resenha, o livro parece ser muito forte, e acho que assim que ler vou chorar muito por causa disso. Acredito que essa seja uma forma bem interessante de conscientizar com relação a essas pessoas que tem essa propensão para o suicídio, e que muitas vezes um gesto de carinho pode salvá-las de te um fim assim.


    Menina esses seus anúncios estão me deixando pobre, mas vou tentar aproveitá-lo com certeza rsrsrs.

    flor obrigada pelo email, só não respondi antes porque o gmail, que é muito lindo, mandou seu email pra caixa de span e só fui ver que estava lá semana passada. Obrigadão, me ajudou muito.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel!
      Ajudou sim flor. Nossa muito obrigada, mas as mudanças só vão aparecer mesmo no próximo lay que ai ser posto quando o blog completar 6 meses :)
      Nossa flor, que coisa isso, não sei porque esse tipo de coisa acontece, mas se te serve de consolo, muitos emails de amigos meus vão pra caixa de spam :/ e os que deveriam ir pro spam não vão. Acho que são doidices do gmail mesmo.
      Bjus flor

      Excluir
  16. Olá Raquel!
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca parei pra ler uma resenha. A sua é a primeira!
    Bom, não sei se leria este livro. Não faz parte da "temática" que gosto, porém esses "13 porquês" me deixou muito curiosa! Oh Céus!
    Quem sabe quando eu tiver com vontade de ler algo diferente opte por ele!

    Ah, seu blog é lindo! Adorei o design daqui!
    Beijos e boa semana!
    http://mapetiit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nossa que legal que vai virar filme eu simplesmente queroooo esse livro mas ainda não sei o porque de ainda não ter lido.

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi Raquel!
    Já li algumas resenhas desse livro, espero poder lê-lo algum dia. realmente deve ser difícil para a personagem saber que algo que ela disse ou fez está relacionado com a morte de alguém. Fiquei bem curiosa pra saber os motivos que ela cita nas fitas. A carga emocional dele deve ser bem impactante. A capa brasileira tem tudo a ver com a história. As outras capas eu já tinha visto e a que mais me agrada é 4, pois só o foto de ter a fita já traz um pouco da história.

    beijos :D

    ResponderExcluir
  19. Oi Raquel,

    Nossa, estou impressionada até agora com o que você escreveu. Sério, tenho que ler este livro! Deve ser bem impactante e chocante, principalmente quando nós sabemos que isso aconteceu e acontece com várias pessoas.
    Enfim, concordo com tudo que você escreveu, e adorei a dica! =)

    Ps: eu tenho 19 anos, e ainda não li Diário da Princesa! HAHAHAHA (10 anos aqui em casa e nada - vergonha!)

    Beijocas, querida.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia o livro, mas gostei muito da historia fiquei bem curiosa. Voou coloca-lo na minha lista para comprar com certeza.

    Beijos :)
    ummundodecomentarios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. olha, as regras do clube da luta são diferentes - mas bem de leve, sabe? nada que mude radicalmente qualquer aspecto do livro ou coisas do tipo. quanto ao banner, shame on me: entendo muito pouco desse tipo de coisa haha sério mesmo. conseguia fazer algumas coisas - fazia templates e tudo - mas esqueci. vou ver se consigo fazer um banner decente :)

    ResponderExcluir
  22. Ei Raquel, adorei a resenha, e realmente fiquei morta de curiosidade para ler, como você. Mas deve mesmo ser um livro com uma carga pesada, tem de ter um psicológico forte para lidar bem com isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. ei, arrumei um banner hihi obg por me dar a ideia, eu realmente tava precisando

    ResponderExcluir
  24. Sempre tive muita vontade de ler esse livro mas nunca tive a chance. Ele parece ser bem triste mesmo assim deve nos fazer pensar bastante sobre o modo como agimos.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  25. um tempo atras ouvi falar muito bem desse livro e desde então tenho vontade de ler =)

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Caramba quero muito esse livro! Um dia sentei na livraria pra ler e não consegui largar, achei a narrativa viciante, talvez porque é masculina e eu adoro narrativas masculinas. A sua resenha assassina agora me fez querer mais ainda esse livro hahah E o pior é que eu até tenho e-book dele, mas o e-reader decidiu que era um bom momento para se quebrar hahaha, esse maldito. Realmente esse capa é linda, gosto até mais da do Brasil e meu deus, como quero terminar de ler.

    Beijos, Raquel :)
    xx

    ResponderExcluir
  27. Hey Raquel
    Tadinho.. meu filho terá cabelo tigela sim HAHAHAHA :x

    Já ouvi falar desse livro, aliás fiquei interessada em ler!
    E capaz de Nana chorar, porque eu sempre choro com essas coisas :x

    Bom, é parece que terá filme.. e a Selena Gomez que vai fazer.. pelo menos foi o que ela disse numa entrevista para a Eliana.

    beijos e um bom domingo!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  28. Raqueeeel, eu sempre tive muita curiosidade em ler esse livro, mas eu nunca tinha parado pra ler a resenha ou mesmo a sinopse, não sei porque a capa não me atraia, mas agora eu com certeza fiquei roendo as unhas de vontade de lê-lo.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  29. Oi, Raquel!
    Tenho muita vontade de ler esse livro e curiosidade também de saber os motivos dela. Claro, não acho que justifique, mas saber os motivos é uma forma mais fácil de entender o que se passava na cabeça da pessoa, para tomar uma decisão tão radical.
    Adorei o anuncio da promoção! Já estou olhando os livros e enchendo meu carrinho haha

    Beijos,
    Bianca - www.epilogosefinais.co.cc

    ResponderExcluir
  30. já tinha ouvido falar do livro...e agora a vontade de ler se tornou impossível de controlar rsrs

    ResponderExcluir
  31. Esse livro mexeu muito Comigo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário